Marketing de Conteúdo

4 Minutos

Marketing para clínicas médicas: 9 estratégias para atrair mais pacientes

Marketing para clínicas médicas: 9 estratégias para atrair mais pacientes

Hoje, o marketing para clínicas médicas é uma necessidade para todos os profissionais de saúde. Afinal, todos desejam aumentar o volume de pacientes e ver seu faturamento aumentar. 

Com 2 bilhões de usuários ativos mensais, plataformas de mídia social como o Facebook, o Instagram e o Youtube são cruciais para ajudá-lo a alcançar os pacientes onde eles passam o tempo online. E usando a estratégia certa, você verá que os resultados podem ser fantásticos.

Para explicar melhor sobre o que é o marketing para clínicas médicas, e que estratégias você deve usar, confira o artigo que preparamos. Boa leitura!

Por que o marketing para clínicas médicas é importante?

O marketing de saúde é o desenvolvimento e a execução de estratégias de marketing voltadas para envolver e educar os pacientes em sua jornada na saúde. Para isso, usa estratégias por meio de SEO, publicidade digital, site, marketing de conteúdo e muito mais.

O setor de saúde está sempre mudando e a educação e as informações do paciente estão rapidamente se tornando o foco principal. Por isso, o marketing para clínicas médicas deve ser centrado no paciente. Para isso, deve fornecer informações relevantes para a construção de uma relação de conhecimento e confiança.

O mundo da saúde é competitivo e, à medida que a competição local cresce e grandes planos de saúde se misturam, mais difícil pode ser se destacar e promover seus serviços médicos.

O marketing para clínicas médicas permite que você aumente a visibilidade em relação aos seus concorrentes em mecanismos de pesquisa e plataformas de mídia social. Outro benefício é que uma estratégia de marketing de saúde eficaz pode fornecer a capacidade de alcançar pacientes em potencial e posicioná-lo como um líder inovador em sua especialidade. 

As principais estratégias para atrair mais pacientes

Agora que explicamos um pouco mais o que é o marketing para clínicas médicas, é hora de dar uma olhada nas estratégias mais eficazes que você deve aproveitar em sua prática para alcançar e converter novos pacientes.

O marketing na área de saúde pode parecer opressor quanto ao que fazer e por onde começar, e é por isso que apresentamos essas dicas. E lembrando que elas são estratégicas testadas e comprovadas que usamos diariamente com nossos clientes.

1. O SEO local começa com seu Google Meu Negócio

Grande parte de qualquer estratégia de marketing de saúde é superlocal por natureza. Por quê? Porque os pacientes geralmente só estão dispostos a viajar até certo ponto para cuidar da saúde.

Portanto, é fundamental para vencer em seu ambiente de pesquisa local para qualquer especialidade ou condições que você trata. Cerca de 80% dos pacientes fazem uma pesquisa online antes de marcar uma consulta.

E quando se trata de ganhar pesquisas de SEO médicas, o Google Meu Negócio é o rei. O que é uma ficha do Google Meu Negócio, você pode perguntar?

O Google Meu Negócio é uma ferramenta gratuita fornecida para médicos e empresas gerenciarem sua presença online para o Google. Você o encontra quase todas as vezes que pesquisa. Quando se trata de otimizar seu Google Meu Negócio, existem algumas coisas que mais importam.

  • Certifique-se de escolher a categoria mais precisa possível (Por exemplo, cirurgia de mão)
  • Certifique-se de incluir onde você está e o que você é na primeira frase da descrição da sua empresa, ou seja, Dr João da Silva é um cirurgião de mão em Joinville, Santa Catarina.
  • Preencha todas as suas informações de contato completamente

2. Sua reputação é importante, invista em avaliações de pacientes

Avaliações rapidamente se tornaram um dos componentes mais críticos das estratégias de marketing de saúde. Isso ocorre por vários motivos diferentes.

O que significa (quer queiramos ou não) os pacientes compram serviços médicos como compram produtos no Mercado Livre, fazem pesquisas e leem avaliações. E 92,4% dos consumidores lêem comentários online. Esse é um número impressionante. E a reputação é mais importante nas decisões de saúde ou em qualquer outro setor.

3. SEO na página começa com ótimo conteúdo

SEO é um dos aspectos mais importantes do marketing para clínicas médicas. Simplificando, ele permite que as pessoas encontrem você online — ao invés de seus concorrentes. 

Mas só porque mais pessoas visitam seu site não significa que elas se transformarão em leads viáveis​. A menos que você use páginas de destino direcionadas.

4. Use as palavras-chave certas

Passe algum tempo pesquisando palavras-chave relevantes relacionadas à intenção de pesquisa de seu público. E as coloque em sua estratégia de marketing digital, além de seguir as práticas recomendadas de SEO para incorporá-las ao conteúdo.

Além disso, procure palavras-chave de cauda longa ultra-relevantes para incorporar na criação de seu conteúdo. Essas serão mais fáceis de classificar do que os termos realmente competitivos.

Por isso, gaste alguns minutos todos os dias durante a próxima semana e crie algumas frases mais longas que seus pacientes ideais possam usar.

Fazendo isso uma vez agora, você provavelmente será capaz de gerar classificações bem rápidas nos resultados de pesquisa e, supondo que esteja praticando um bom SEO, essas classificações devem permanecer, a menos que haja uma grande mudança com a concorrência em seu mercado local.

5. Aumente a eficácia do seu site 

O objetivo principal do seu site é o quê? Apenas ser bonito? Claro que não — é para atrair pacientes! Mas, para garantir que seu site atenda melhor a esse objetivo, você precisa usar estratégias que convertam os visitantes do seu site em pacientes.

Aqui estão alguns elementos comprovados de um site de saúde de alta conversão:

  • Layout e design intuitivo
  • Navegação fácil
  • Múltiplas formas de contato
  • Links de mídia social
  • Página de FAQ
  • Fotos, vídeos e gráficos
  • Aviso de adesão antes de os visitantes saírem

Assim como na otimização do tempo de carregamento do seu site. A ideia por trás de uma navegação simples é tornar mais fácil para os clientes em potencial realizarem ações e encontrar o que procuram em seu site.

Facilitar a localização dos que procuram melhorar a experiência do usuário e aumentar sua chance de convertê-lo em paciente.

6. Melhore a velocidade do seu site

A velocidade do site desempenha um papel importante na conversão. Por exemplo, o  Walmart encontrou um aumento de 2% na conversão para cada 1 segundo de melhoria feita na velocidade do site.

Use uma ferramenta como o teste de velocidade Pagespeed Insights do Google para monitorar e melhorar a velocidade do seu site médico em todos os tipos de dispositivos.

De acordo com estudos do Aberdeen Research Group, um atraso de 1 segundo na velocidade do seu site pode resultar em uma redução de 7% nas conversões. É provável que os leads desapareçam se descobrirem que seu site leva mais tempo do que o esperado para carregar.

Portanto, se você quer realmente gerar leads e converter visitantes em pacientes, precisa garantir que está prestando atenção ao tempo de carregamento do seu site e que não está frustrando as pessoas por ter um site lento.

7. Construir autoridade e melhorar o SEO com seu blog

No HubSpot State of Inbound, observou-se que os profissionais de marketing que priorizaram os blogs têm 13 vezes mais probabilidade de obter um ROI (retorno sobre o investimento) positivo. 

Como médico, você é um especialista em sua área e, como tal, tem informações valiosas para compartilhar com os pacientes existentes e em potencial. E colocar isso em seu blog permite que você faça isso.

É uma situação em que todos ganham: você agrega valor à vida deles por meio da educação. Eles entendem melhor o que você está fazendo, ao mesmo tempo que isso gera mais autoridade para sua clínica médica.

Mas não é só isso que o blog faz. Ele também pode trazer visitantes ao seu site regularmente, mesmo quando eles não precisam necessariamente de ajuda médica, o que o torna um dos fundamentos do marketing de conteúdo para saúde.

Isso significa mais leads sendo cultivados e melhores chances de conversão em clientes.

Além de tornar seu site mais atraente para os visitantes, o blog também tem o potencial de torná-lo mais visível nos mecanismos de busca. Isso ajuda seu site a ser classificado naturalmente para que os leads possam encontrar você.

8. Aproveite as redes sociais para conseguir mais pacientes

As redes sociais são uma ótima ferramenta para direcionar tráfego para seu site e para interagir com pessoas que podem estar interessadas no que você faz. Uma busca por médicos no Facebook resultou em milhares de páginas pertencentes a médicos.

Essas pessoas estão usando as redes sociais para pesquisar de tudo, desde o que comer no almoço até os empregos mais bem pagos e um novo ortopedista. E, como um profissional de serviço inteligente, você deveria aproveitar essa estratégia de marketing. 

Quer você seja um ortopedista, um pediatra ou um cirurgião, as redes sociais são uma ótima maneira de se conectar com pacientes em potencial. A maioria dos profissionais de saúde tem ‘uma’ presença na mídia social, mas poucos deles realmente aproveitam essa presença para maximizar seu potencial de atrair novos pacientes.

Aqui estão algumas coisas que você deve fazer nas redes sociais regularmente:

  • Postar informações relevantes da sua área de atuação
  • Dar dicas de saúde para seus seguidores
  • Informar sobre doenças, sintomas e tratamentos

O gerenciamento de mídias sociais pode ser demorado, mas é muito mais fácil se você contar com uma equipe estratégica cuidando do seu conteúdo. 

9. Use o e-mail marketing a seu favor

Os profissionais de saúde podem se beneficiar muito ao coletar e segmentar uma lista de e-mail de pacientes e de pacientes em potencial. Para dar um passo adiante, segmentando essa lista pelos interesses. 

Você pode usar sua lista para enviar boletins informativos regulares e atualizar pacientes e clientes potenciais sobre os avanços e acontecimentos do setor em sua prática e sobre suas atualizações do blog.

Para que seu e-mail marketing seja bem-sucedido (ou seja, provoque a resposta desejada e não seja visto como “spam”), ele precisa demonstrar valor e ir direto ao ponto rapidamente. Aqui estão várias coisas que você pode fazer para que sua campanha de marketing por e-mail funcione para você:

  • Envie e-mail regularmente
  • Crie títulos e conteúdo de qualidade
  • Faça frases de chamariz claras e concisas
  • Peça sugestões para encorajar uma conversa bidirecional

Com o e-mail marketing para médicos, é ideal chegar aos pacientes cerca de uma vez por mês. Um e-mail semanal provavelmente fará com que muitas pessoas cliquem no botão “cancelar”. Além disso, tome cuidado com o assunto e o conteúdo para que seus e-mails não acabem nas pastas de spam das pessoas.

Não perca mais tempo!

Como você viu, o marketing para clínicas médicas é essencial para quem deseja se destacar no mercado e se tornar um player no seu segmento. Vemos cada vez mais médicos e demais profissionais da área da saúde bem-sucedidos ao adotar estratégias digitais eficientes.

Nos dias de hoje, o público vê esses profissionais como autoridades no assunto e, quando precisam de atendimento, são eles os primeiros que lhes vêm à cabeça. E se você começar a encarar de frente o meio digital, em breve pode ser você o novo médico-referência em sua área.

E para uma estratégia eficaz, o ideal é contar com uma agência de marketing digital por trás da sua presença online. Aqui na Sardagna Web contamos com uma equipe altamente qualificada na elaboração de estratégias, produção de conteúdo e no direcionamento das suas postagens. Desta forma, você atinge seu público-alvo com conteúdo relevante e que o converterá em paciente.
Quer ter uma estratégia de marketing para clínicas médicas também em seu negócio? Entre em contato agora mesmo com a Sardagna Web e conheça como podemos lhe ajudar nessa etapa!

Comentários

Receba Conteúdos
VIP para crescer

Dicas e conteúdos para empresas que querem crescer